terça-feira, 5 de novembro de 2013

VIAGEM NO BÁLTICO

Nos finais de Agosto, a familia aqui de casa foi fazer um cruzeiro. Do qual somos fãs. Deixo aqui umas fotos dos sitíos que vesitámos.
O cruzeiro foi no Báltico, partimos de Copenhaga


Em Copenhaga fizemos uma pequena visita aos locais mais importantes, não havia tempo para mais

PORTO DE NYHAVN


Nyhavn significa Porto novo, é o local mais vibrante de Copenhague . É um lugar perfeito para uma cerveja, um lanche ou mesmo uma boa caminhada, os inúmeros restaurantes e cafés dividem o espaço  com as casas datadas do sec. XVIII .Porém, é bom lembrar que os restaurantes nesta região são bem mais caros.






A PEQUENA SEREIA


A estátua  é uma das principais atrações turísticas da capital dinamarquesa. O dinamarquês Hans Christian Andersen foi um dos maiores escritores de fábulas infantis da história. É dele a história da Pequena Sereia. Em 1913, uma estátua de bronze da sereia foi dada de presente à cidade de Copenhague pelo fundador da cervejaria Carlsberg, Carl Jacobsen, inspirado por um balé que ele assistiu quatro anos antes. 




IGREJA MARBLE- Evangélica, Luterana



The Marble Church” (A igreja de mármore), lindíssima por sinal e, dizem as más línguas, teve o seu domo inspirado na basílica de São Pedro em Roma.










Copenhaga a cidade das bicicletas


Em Copenhague, há mais bicicletas que habitantes, há mais de 400 quilômetros de ciclovias reservadas às bicicletas.Jovens de saltos altos a caminho de uma festa ou homens de negócios em terno a caminho do trabalho - não importa nem tempo nem aonde vão – a população vai de bicicleta. Por esta razão não surpreende que Copenhague tenha sido a primeira cidade do mundo a ser nomeada cidade ciclável. Em Copenhague, 50 % dos habitantes viajam diariamente de bicicleta, e há mais bicicletas que habitantes.





Chegou o dia de embarcarmos no nosso cruzeiro e eis  o navio, chama-se Norwegian Star, algumas curiosidaes sobre ele.



O Norwegian Star recebe 2.348 passageiros, foi construído para Freestyle Cruising, o programa anti-tradicionalista que oferece uma infinidade de opções.
Comprimento 294 m
Velocidade Cruzeiro 23 nós
Tripulação: 1060
10 restaurantes diferentes, que vão do tradicional ao restaurantes casuais
Deck de esportes com campo de golfe, condução, quadras de vôlei e basquete
Two-deck-alta Barong Spa e Fitness Center
Teatro a bordo sentar um público de 1.150
Centro infantil completo
Centro comercial, incluindo uma galeria de fotos, loja de presentes e loja de departamentos completa
Principal área de piscina exterior
Uma das maiores piscinas interiores na indústria de cruzeiros
Outdoor esplanada e bar Karaoke
Sala de jogos e sala de cinema 






A primeira paragem foi na Alemanha em Warnemunde, quem pretendesse  podia ir a Berlim de excursão ou mesmo pelos seus próprios meios de comboio. Nós ficamos em Warnemunde.





ALEMANHA    WARNEMUNDE





Warnemünde é um resort à beira-mar situada na  zona norte da Rostock  situado no Mar Báltico, no nordeste da Alemanha, e, como o nome indica, no estuário do rio Warnow.  É uma vila de pescadores com lojas encantadoras e restaurantes a beira do mar.








ESTÓNIA- TALIN




A capital Tallinn  cidade bem desenvolvida do mar Báltico, é uma típica cidade Medieval. A mais bem preservada na Europa, e o país é considerado terra dos vikings. E são estes ingredientes medievais e vikings que atraem a grande maioria dos turistas







RUSSIA S. PETERSBURGO





 St. Petersburg cidade  romântica com canais que lembram Veneza, palácios maravilhosos, igrejas coloridas, tempo dos czares, lindos jardins, cultura, arte, os ballets, quanta história... a antiga capital russa é um sonho!!  

Aqui tivemos uma paragem de 2 dias, como não tinhamos visto, fizemos uma excursão de uma tarde onde vesitámos dois monumentos e nos mostraram vários pontos de interesse da cidade.




A Igreja do Sangue Derramado, também conhecida como Igreja da Ressurreição, é dos cartões postais mais bonitos de St. Petersburg, toda colorida, foi construída em 1881 em memória à Alexandre II, onde foi assassinado, no 7º atentado. Na época soviética permaneceu fechada e na 2ª Guerra virou depósito de batatas! Após 27 anos de restauração foi reaberta em 1997, e é uma maravilha, com arquitetura barroca e neoclássica, são 7.500 m2 em mosaicos, com ícones de figuras religiosas.





O Museu Hermitage é um dos maiores museus de arte do mundo e sua vasta coleção possui itens de praticamente todas as épocas, estilos e culturas da história russa, européia, oriental e do norte da África, e está distribuída em dez prédios, situados ao longo do rio Neva, dos quais sete constituem por si mesmos monumentos artísticos e históricos de grande importância. Neste conjunto o principal é o Palácio de Inverno, que foi a residência oficial dos Czares quase ininterruptamente desde sua construção até a queda da monarquia russa. 






FINLANDIA - HELSINQUIA



 A cidade é relativamente pequena, calma e fria, e isso desestimula quem gosta de agito ou movimento. É um lugar ideal para ser percorrido a pé, pois suas principais atrações estão na região central, numa dentro de uma área facilmente percorrida a pé.








A Catedral Luterana é um dos mais famosos marcos de Helsinque. Sua austera fachada totalmente branca e sua cúpula verde com vista para a cidade deixam uma impressão marcante.















SUÉCIA - ESTOCOLMO




Caminhar em Estocolmo é cruzar uma sucessão infindável de pontes e canais. 






Stadshuset (torre da camara, na foto ao lado)., ela é um daqueles pontos imperdíveis para qualquer turista. Sua construção foi iniciada em 1911, seguindo um projeto de Ragnar Östberg
É aqui que acontece o banquete do prêmio Nobel; vale a pena a visita tanto interna quanto externa, pois tem uma linda vista sobre Riddarfjärden uma parte do lago Mälaren.



A Suécia é conhecida por ter centenas, ou mesmo milhares de ilhas. A nossa viagem de regresso a Copenhaga foi feita por essas ilhas e foi inesquecível, lindo, maravilhoso.


2 comentários:

  1. Muito interessante essa viagem. Fotos muito bonitas...(e eu, roidinha de inveja).

    ResponderEliminar